sexta-feira, 20 de julho de 2007

Temas de Novembro

domingo, 26 de novembro de 2006


A maior alegria é altruísta

Você já parou para pensar que toda a natureza é altruísta? Ela como um todo tem como maior propósito se doar. Os rios se doam para o mar, o mar se doa para os céus, os céus se doam para a terra, a terra nos doa o alimento que nos mantém vivo. E a natureza permanece em perfeita harmonia com os atos de doação. O único ser vivo que mais recebe é o homem, falando como raça.

Somos naturalmente egoístas. Queremos tudo e temos grande dificuldade em nos doar. Quando nos doamos, estamos sempre pensando no retorno, no ROI (Retorno sobre o Investimento). Em quanto tempo recupero aquilo que "doei"? Para minha pessoa amada, para meus filhos, para meus pais, para meus colegas de trabalho, para minha igreja e assim estamos sempre focados no retorno.

Ser altruísta é praticar o amor desinteressado ou abnegado, se doando sem esperar receber nada em troca. Quando isso acontece em momentos de nossas vidas, sentimos uma alegria muito profunda que emana de nossa alma. Você pode fazer a experiência na sua casa, no trabalho: se doe, dê o melhor de você a alguém, a um projeto da sua empresa, e você certamente sentirá uma sensação de alegria e de paz.

Dentro de um relacionamento, é fundamental que pratiquemos o altruísmo. O companheiro tem como papel se doar para o seu relacionamento e para sua amada. Quanto mais ele se doar, mais a sua amada vai sentir vontade de servi-lo e de amá-lo. Ele se doa com seu carinho, atenção, paciência, disponibilidade de estar aberto a diálogo, a concessões, se doa ao ouvir os problemas dela, ao prestar atenção em suas necessidades e procurar preencher a todas. E ao fazer isso, ela vai sentir mais vontade de servi-lo e se doar também. Mas lembre-se: o homem precisa se doar primeiro, senão o relacionamento só irá se desgastar e afastando as pessoas cada vez mais.

Quando doamos é como se tivéssemos emprestando a Deus, e como nosso querido e maravilhoso Deus não tem dívidas com ninguém, Ele nos devolve com ricas bênçãos em nossas vidas, criando um muro de proteção a nossa volta e cuidando com muita carinho e amor de cada de um de nós.

Deus deseja que sejamos altruístas, e as evidências estão na natureza, olhe em volta, toda ela grita de alegria. Pratique o altruísmo em seus relacionamentos, e você será recebido com muitas e muitas bênçãos do Pai celestial que cuida e se importa com sua vida pessoalmente.

domingo, 19 de novembro de 2006


Na adversidade, um vaso novo

Quando as dificuldades surgem, coisas muito boas podem acontecer com cada um de nós, se tivermos sensibilidade para percebê-las e aceitarmos as conseqüências que elas nos trazem. Numa dificuldade, devemos sempre vê-la como um desafio e uma oportunidade de crescermos, e evitar enxergá-la como um obstáculo. Por quê? Na adversidade aprendemos a nos conhecer.

Se comentam que você assume posturas em determinadas situações ou é uma pessoa com hábitos ruins, não importa, será difícil que você consiga olhar para você mesmo. No entanto, quando surgem as dificuldades como resultado de quem você é, a vida coloca diante de você um espelho onde se consegue perceber em detalhes cada hábito, cada gesto, cada postura que foi ou é a fonte causadora das suas adversidades. Na adversidade surge uma brecha e você passar a enxergar com mais clareza a grandeza da vida, passa a pensar maior.

Mas não pára por aí. Nas dificuldades você pode se aproximar de Deus. Quando tudo parece caminhar muito bem em nossas vidas, nos afastamos ou até mesmo nos esquecemos do nosso Senhor. E isso acontece com todos. O próprio rei Davi, que mantinha um íntimo e fervoroso relacionamento com Deus, nos momentos de felicidade e glória, esquecia dEle. E quando nos afastamos do nosso Pai celestial, nossas vidas podem assumir rumos que nos façam mal.

Ao se aproximar de Deus, Ele irá operar verdadeiros milagres em sua vida, se você O deixar. Na dificuldade, você se conhece, você pode se aproximar de Deus e Ele pode mudar condições da sua vida, sempre buscando o melhor para você. Lembre-se: Para Deus nada, absolutamente nada é impossível. Somos nós que limitamos o poder de Deus pela nossa mente, o poder dEle é ilimitado. Ele quer atuar, Ele quer agir, porque Ele é um Deus maravilhoso, que se importa e está envolvido com sua vida, que ama você pessoalmente, apaixonadamente. E para que Ele possa agir, você precisa deixá-lo e confiar nEle de todo o teu coração, de toda a tua mente e de toda a tua alma. Há uma passagem na Bíblia que relata com clareza o que Deus está disposto a fazer por nós: "Será que não posso agir com você como fez o oleiro? Como o barro nas mãos do oleiro, assim é você nas minhas mãos".

Deus deseja quebrá-lo e fazê-lo um vaso novo. Um vaso com um novo prisma de vida, um vaso com quebra de paradigmas, um vaso que fará uma pessoa melhor ao mundo, aos outros e a você mesmo. Olhe com muita atenção para suas adversidades e saiba que quando elas baterem à tua porta, um Deus que é todo amor estará ali disposto a fazer tudo por você.

domingo, 12 de novembro de 2006


Ciúme, um grande mal

Você já teve ou mantém ciúme de alguém? Qual é o grau do seu nível de ciúme? Quantas vezes você já expressou esse sentimento? Quais foram suas palavras, gestos e atitudes? Como se sentiu ou se sente mantendo ciúme de alguém? O ciúme é um sentimento ruim que nos mantém escravos da insegurança e do medo, trazendo um conjunto de consequências que podem enfraquecer um relacionamento.

Temos ciúme, porque temos medo que nosso amor possa nos trair ou nos deixar por alguém com qualidades "superiores". No entanto, lembre-se que cada pessoa é uma unidade própria distinta de qualquer outra, com forças e fraquezas. Além de o mundo viver a competitividade em todas as áreas e também na vida afetiva. Portanto, a probabilidade do seu medo se concretizar é alta e só depende de você para evitar ou mitigar as chances de ocorrer.

Você não tem ciúme da pessoa porque não confia nela, mas porque não confia primeiramente em você. A fonte causadora do ciúme é você, ou porque já foi traído ou presenciou amigos passando por isso e não gostou, ou outro motivo. Uma vez que você não confia em você, começa a utilizar de vários meios como fiscalização, monitoração, pressão, acreditando que estará reduzindo a chance de ver tal medo acontecer.

Quando se age deste modo, você estará aumentando e muito a possibilidade do seu ciúme se transformar em perda. E sabe por quê? Você está tirando a liberdade da pessoa. Nenhum ser humano consegue permanecer preso por muito tempo, ele nasceu livre, Deus o criou assim, portanto ele vai buscar a liberdade sempre que se sentir ameaçado. Um amor somente será real se existir liberdade.

Mas você pode se questionar: se eu deixar a pessoa livre e não tiver ciúme dela, ela pode me trair? Sim. As razões que levam a uma traição são inúmeras. Por exemplo, um desvio de personalidade onde a pessoa precisa da poligamia para se sentir satisfeita, ou a pessoa não suporta mais tanta pressão e busca uma válvula de escape, entre diversas razões.

Deus em sua carta de amor, Ele nos pede a evitar o ciúme dentro do relacionamento, uma vez que o ciúme abre portas para coisas ruins, muito ruins. E se Deus nos pede isso, é porque é para o nosso bem. Se começar a sentir ciúme, ore, converse com Deus, conte seu sentimento a Ele, peça ajuda, e se for o caso busque terapia. A terapia sempre está ali para nos ajudar e nunca o contrário, nos tornando melhor como pessoas ao mundo, aos outros e a nós mesmos.

Você deve confiar em você, confiar no seu relacionamento, confiar na pessoa ao seu lado e deixá-la livre sempre. É difícil para muitos, mas somente assim você poderá viver relacionamentos saudáveis, bons e verdadeiros.

sábado, 4 de novembro de 2006


Descobrindo Deus

Não se importe o quanto vc acredita, o quanto vc o reconhece em sua vida, mas Ele está muito próximo, mais próximo do q vc pode ou não imaginar.

Será que Deus existe? Uma pergunta que nos fazemos sempre em nosso coração, e se a dúvida rodeia vc, se ela o perturba, é porque aí tem alguma coisa, não sei o que. Um dos maiores pensadores, físico e teólogo dedicou muito tempo tentando provar que Deus não existia, e ao chegar ao final da sua vida, concluiu: "tentei e tentei provar que Deus não existe. Não consegui. Logo pra mim, Ele existe". Muitos de nós fazemos o mesmo, mas eu sugiro olhar ao seu redor, não precisa ir longe. Sinta seu coração batendo, um líquido fluindo pelo seu corpo com um só propósito, mantê-lo vivo. Há ainda diversos sistemas que nos compõe: digestivo, nervoso, respiratório, todos trabalhando em harmonia, em sintonia, e quando uma peça deles passa a apresentar um problema, todo o corpo o sente em menor ou maior grau.

Será que é obra do acaso, da coincidência? Será que somos resultado de uma explosão cósmica que nos criou com tamanha perfeição, estando tudo em harmonia, desde o nosso corpo até o funcionamento e disposição dos corpos também celestes? Pense na concepção de uma criança: um homem doa sua célula para uma mulher manter durante aproximadamente nove meses a formação completa de um novo ser. Isso é maravilhoso, seria obra do acaso ou obra puramente divina? Agora pense em tudo que já aconteceu e está acontecendo em sua vida, lembre-se de tudo de bom que já aconteceu com vc, e pergunte se é obra da sorte.

Pra mim, não há dúvida: existe alguém e criador dos céus, da terra, do mar e de tudo que existe, incluindo a nós, e ele se chama Deus. Mas o que estamos fazendo nesse mundo de dor, de tristeza, de preocupações, por que estamos aqui, donde viemos, para onde vamos? Deus não nos deixou sem respostas. Ele escreveu uma linda carta de amor e de relacionamento a cada um de nós, revelando o quanto Ele nos ama, se importa e está envolvido com nossas vidas, são as Santas Escrituras. Uma carta escrita por quarenta diferentes autores, de épocas, culturas diferentes, mas mantendo sempre o mesmo foco: o amor de Deus por nós seres humanos.

Há uma passagem: "Busque em primeiro lugar o reino de Deus, e todas as demais coisas lhe serão acrescentadas". Convido vc a buscar e manter um relacionamento diário com Deus. Ele provê todas as nossas necessidades, conhece cada pessoa no seu íntimo, e está sempre disposto a nos ajudar, a nos mostrar o melhor caminho agora e sempre.

Faça uma experiência de vida: busque conversar com Deus nem que seja por apenas um minuto do seu dia, abra seu coração como vc abriria ao seu melhor amigo, conte seus problemas, suas dúvidas, suas inquietações, converse abertamente com Deus. E não vai demorar, vc irá sentir uma mudança em sua vida, uma mudança positiva e enriquecedora. Mesmo que hoje vc não acredite por completo, feche seus olhos e diga: "Eu acredito". E pode ter certeza, manter um relacionamento com Deus é condição necessária para buscarmos relacionamentos saudáveis, bons e agradáveis.

Deus ama vc apaixonadamente, incondicionalmente, e Ele fará de tudo, sim de tudo para salvá-lo, para ver vc feliz, Ele não vai desistir de mim, de você. Coloque-se nas mãos dEle, deixe Ele ser a videira da sua vida e vc sentirá algo maravilhoso que não é possível descrever com palavras.

Nenhum comentário:

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.