quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Deixe o Sol brilhar


Você pode não vê-lo como você vê sua pessoa amada, você pode não tocá-lo como você toca as pessoas que você ama, você pode até não senti-lo, mas existe um fato relevante: Deus é real e Ele pode ser o Sol de sua alma.

As pessoas podem tirar tudo de você, mas não podem tirar a confiança que você deposita em Deus, através do relacionamento que você escolhe desenvolver com Ele a cada dia de sua vida. Podemos desconfiar de qualquer pessoa, mas nunca de Deus, porque Ele te ama do jeito que você é com suas fraquezas e qualidades.

O mais interessante no processo de relacionamento com Deus é que Ele não força a entrada em sua vida, porque é um cavalheiro, aguardando você chamar por Ele, e não tenha dúvidas, Ele vem ao seu encontro sempre. Sua carta diz: “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa” (Apocalipse 3:20)

Perceba como a presença de Deus em sua vida é um convite, desde que você peça e deseja Ele participando de seus momentos de dor e também de alegria e tempos de bonança. Posso dizer que orar a Deus, é buscar incessantemente Sua Face. Já imaginou? Através da conversa com o Pai Celestial, você está vendo Deus.

Ainda na Bíblia, encontramos uma declaração magnífica do caráter de Deus, que gostaria de compartilhar com você alguns trechos. Diz respeito a uma personagem, Ana. Ela olha para sua vida, vê problemas, causas aparentemente insolúvel, mas ela escolhe ir a Deus e contar tudo a Ele, e então Deus responde.

A declaração é: “O meu coração exalta ao Senhor. Não há santo como o Senhor; porque não há outro fora de ti; e rocha nenhuma há como o nosso Deus. Não multipliqueis palavras de altivez, nem saiam coisas arrogantes da vossa boca; porque o Senhor é o Deus de conhecimento, e por ele são as obras pesadas na balança. O arco dos fortes foi quebrado, e os que tropeçavam foram cingidos de força. O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela. Ele empobrece e enriquece; abaixa e também exalta. Os pés dos seus santos guardará, porém os ímpios ficarão mudos nas trevas; porque o homem não prevalecerá pela força”. (1 Samuel 2: 1-10)

Para mim é uma das declarações mais claras e concisas de quem é o meu e o seu Deus e a razão porque Ele pode ser Sol de nossas almas. Sem Ele, permanecemos na escuridão espiritual, é Ele quem nos orienta, aconselha, sara, nutre e nos mantém respirando.

Se Deus não tem sido o Sol em sua vida, pare e analise o que está faltando para que então Ele possa brilhar em todas as esferas de seus relacionamentos e assim você irá viver uma experiência real com Aquele que fez os Céus, a terra e tudo que nela há.

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Campo Minado


Percebo que minas são armadas continuamente em nossas vidas com um só propósito: desviar-nos, ferir e quem sabe até nos destruir. Os relacionamentos que você mantém fazem parte de um imenso campo minado.

Cada problema ou situação que surge no seu cotidiano é como uma mina que se arma ali na iminência de explodir a qualquer momento. Você então tem dois caminhos para seguir quando se defronta com uma: desarmá-la ou deixá-la explodir. Sua decisão está intimamente ligada ao que você quer e ao seu nível de equilíbrio.

A pessoa que age no impulso de suas emoções revela sempre falta de maturidade e por conseqüência faz escolhas que irão certamente lhe prejudicar. Ela está com frequência pisando em minas sem ao menos imaginar que elas existem ou dá pouca importância para a presença de uma.

No entanto, há aqueles que pensam antes de agir, observam atentamente as minas armadas e escolhem sabiamente desarmá-las. Onde está a diferença entre esse grupo e ao anterior?

Estão nas experiências de vida que vão se acumulando ao longo dos anos e a escolha consciente de crescer com elas, seja através de lições aprendidas, apoio terapêutico para se auto-conhecer ou a busca incessante dos conselhos divinos. Todos os meios são ricamente válidos para avançar no nível de maturidade e equilíbrio interior.

A vitória para qualquer ser humano está na habilidade em desarmar cada mina que se coloca diante dos seus olhos. Tenha em mente que nossos pensamentos são grande fonte geradora de campos minados. E já sabemos que os pensamentos levam às ações que por fim geram os resultados visíveis de sua vida.

Quantas e quantas vezes você lança uma palavra ou reage de determinada forma por causa de um conjunto de pensamentos que se inclinam para o mal e não para o bem de uma situação qualquer?

Procure identificar o campo minado que se forma a sua volta e encontrar meios para desarmá-lo, porque sua vida sempre estará repleta deles e é você que decide o que fazer: vai deixar explodir ou desarmar sabiamente com a orientação que vem de Cima?

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Preconceitos


Muitas pessoas vivem preconceitos podendo trazer problemas de relacionamento. Quando falamos nessa palavra, devemos pensar sempre em dois lados: a vítima e a pessoa que gera o preconceito por alguma coisa ou alguém.

A vítima nem sempre é comunicada que está sofrendo preconceito. No fundo, o maior prejudicado é quem gera e mantém o preconceito. Um sentimento negativo e vezes passado quase que despercebido pela pessoa, mas oriundo de conceitos pré estabelecidos em momentos da sua vida e retro-alimentados continuamente.

Se você é autor de algum preconceito, aconselho a analisar que isso pode estar atrapalhando você de enxergar além. O preconceito fortalece um lado mas enfraquece totalmente o outro. Ele foi inserido como resultado de nosso afastamento de Deus, e seu objetivo é apenas um: não permitir que tiremos o melhor do que os relacionamentos podem oferecer.

Há uma questão mais grave: aquele que tem preconceito está no mínimo fazendo um julgamento, muitas vezes fazendo avaliações parciais, sem antes dar a oportunidade a si de se esforçar para obter o melhor que aquela situação está oferecendo.

A pessoa que mantém preconceito vai aos poucos se definhando por dentro em algum aspecto de sua esfera de vida, sem ao menos se perguntar por quê aquele sentimento surge. Quantas vezes deixamos de aprender ou viver porque nossos preconceitos nos limitam?

Pense em todos os preconceitos que você tem hoje. Procure então encará-los sempre com uma pergunta: O caminho que você está seguindo tem sido bom para você? Se a resposta for não, então pare, vá a Deus em oração e peça para Ele lhe ajudar a mudar.

Tenha a certeza que existe um ser, o Espírito Santo intercedendo por você a Deus, e cada vez que você consegue romper um obstáculo, como um preconceito ou sair de uma situação difícil, esse Espírito está trabalhando.

Vigie seus pensamentos, atitudes e palavras com todo cuidado e procure eliminar os preconceitos, porque sem eles certamente é melhor para os outros, para você e para nosso querido e amado Deus, Senhor de sua vida.

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Ele faz mais por você

Você já ouviu muitas vezes a frase: “Só Jesus salva”. Convido a me acompanhar para entender a importância do Filho de Deus em sua vida.

Sabemos que existe um Criador de todas as coisas: “No princípio criou Deus os céus e a terra. (Gênesis 1:1). Você também deve ter em mente: “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; E criou Deus o homem à sua imagem; homem e mulher os criou”. (Gênesis 1:26).

Assim, você e eu somos uma projeção de Deus. Procure pensar em um plano no espaço, quando este plano é projetado, o mesmo se transforma em uma reta. Deus é o plano, nós somos a reta. Portanto conservamos características dEle, isso significa sermos semelhantes à Sua imagem. Além de nossa origem estar na linhagem criada por Ele.

Guarde ainda que Deus se comunicava diariamente com o homem e a mulher. No entanto, em um dado momento, eles o desobedeceram e como conseqüência a comunicação foi interrompida. Exemplificando: imagine uma ponte que liga duas estradas. A ponte representa a comunicação entre o ser humano e Deus. Da desobediência, a ponte caiu e a comunicação foi cortada, e, portanto toda raça humana por ser da mesma linhagem inicial, perdeu comunicação com o Pai Celestial. Perder comunicação significou cair em pecado, pois o pecado nada mais é do que o afastamento de Deus. E desobedecer a Deus significou desobedecer alguém de autoridade infinita. Como assim?

Considere um presidente de uma nação e um repórter estrangeiro. Se o repórter retratar mal o presidente, por mais que o presidente possa ser humilde, não vai adiantar o repórter pedir perdão ao presidente, porque ele ofendeu alguém que responde para uma nação inteira. E, portanto, somente alguém de autoridade igual poderá pedir perdão ao presidente e ser perdoado pelo mau trato do repórter.

Quando o ser humano ofendeu a Deus, o desobedecendo, ele ofendeu alguém que responde por um Universo e somente alguém de autoridade igual poderia pedir perdão a Deus para que a comunicação fosse restabelecida. No entanto, Deus sabe que não há ninguém de autoridade igual a Ele, porque Ele é Supremo. Então, você poderia pensar: minha comunicação com Deus foi rompida eternamente, porque eu não tenho a autoridade e nunca terei a de Deus, simplesmente porque sou criatura e não criador.

E você está certo, mas lembre-se que Deus é amor, e isso implica em dar amor, e, portanto por amor Deus encontrou uma solução. Como? Pedindo perdão a Ele próprio. Então Deus fez-se homem na figura de Jesus, mas com autoridade igual e sendo assim veio a esse mundo e pediu perdão ao Pai e foi aceito o perdão. E agora toda pessoa que aceita Jesus em sua vida, é como se Deus olhasse pra você e visse Seu Filho pedindo perdão e assim a comunicação é novamente restabelecida.

A Palavra afirma: “Ninguém vai ao Pai, senão por mim, eu sou o caminho a verdade e a vida”. (João 14:6). Jesus conduz você a um caminho, que caminho e vida são esses? A vida eterna, onde não mais haverá morte nem dor. E a verdade é que ninguém pode interceder por você a Deus, somente Seu Filho, único com poder e autoridade para ir ao Pai e fazer mais por você.

Tenha em mente e em seu coração que somente o Filho de Deus salva, porque Ele é o único de natureza e autoridade igual a Deus para que nossa comunicação fosse restabelecida e uma nova linhagem, sem pecado, pudesse existir e ela existe pela fé em Jesus. A Bíblia revela: “Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido. (Mateus 18:11). Quando a comunicação foi interrompida, havíamos perdido a chance de viver em um mundo sem sofrimento, mas Deus providenciou para salvar você: Ele lhe deu Seu Filho para que todo que nEle acredita, não pereça mas tenha a vida eterna. (João 3:15).

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Você precisa

O tratamento que você recebe das pessoas com quem você se relaciona, seja na esfera profissional, religiosa, familiar ou afetiva tem impacto direto nas suas prováveis reações e sentimentos.

Muitas vezes tratamos uma pessoa pensando se ela merece e então problemas de relacionamento certamente surgirão. O grande segredo é dar ao outro não o que ela merece e sim o que ela precisa.

Deus ama você não porque você mereça ser amado, mas porque você precisa do amor de Deus para sentir segurança, conforto e paz em sua vida. Ainda para acreditar que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus conforme diz a Palavra em (Romanos 8:28).

Por que você não mereceria ser amado pelo Criador? Você assim como eu desobedecemos a esse Pai, duvidamos dEle em circunstâncias difíceis. O mesmo diz respeito às pessoas que se relacionam com você. Como você se sente quando uma pessoa não atende às suas expectativas? O que responder para alguém que lhe fere o coração? Você vai querer dar o que ela merece, certo?

Se você não tiver em mente que devemos dar a outra pessoa o que ela precisa, isso lhe trará duas prováveis conseqüências:

1)Você permitirá que ela decida como você irá se comportar;

2)Você provavelmente fará retiradas na conta bancária relacional que você mantém com aquela pessoa.

O que são contas bancárias relacionais? Imagine-se como um banco onde você mantém uma conta corrente com cada pessoa que você se relaciona, e que nessa conta possa ocorrer retiradas ou depósitos. Por exemplo, quando você maltrata alguém, você está fazendo uma retirada na conta corrente que você possui no banco da pessoa que você maltrata.

Essas retiradas são traduzidas em silêncios e afastamentos que os relacionamentos provocam, independente da causa, a retirada é um fato e afeta seu relacionamento você querendo ou não. Portanto dar o que o outro merece você poderá fazer retiradas e isso vai lhe prejudicar.

É necessário dar ao ser humano o que ele precisa. Cada pessoa tem suas necessidades básicas emocionais que precisam ser identificadas e então se esforçar para preenchê-las e nisso inclui o que ela precisa sempre. Algumas pessoas é afeto, outras, atenção, diálogo, respeito, confiança.

Procure dar a cada pessoa o que ela precisa e certamente você receberá muito mais. Relacionamentos bons, perfeitos e agradáveis a Deus são formados de amor, paz e respeito e isso só é possível se você focar no que ela precisa e não no que ela merece.

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.