quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Hora tranquila


Quanto tempo do seu dia você deposita no relacionamento com Deus?

Já sabemos que somos suficientemente incapazes para sermos bons e buscarmos felicidade dentro de nós. Por quê? Toda a fonte de alegria, felicidade e poder estão fora de você e de mim, encontra-se no bondoso Pai dos Céus.

Ser dependente de Deus, às vezes me perturba porque somos ensinados a ser independentes em tudo nos níveis que compõem nossas vidas. No entanto, identifico que Deus é meu Criador, Ele sabe mais de mim do que eu mesmo, Ele sabe o que é melhor para mim. Sendo assim, passa a ser lógico a mensagem: “Confie em Deus, e o mais Ele fará”. Isso significa claramente se colocar nas mãos desse amoroso Pai, se tornando dependente dEle em todas as coisas.

Em qualquer relacionamento, para alguém se tornar dependente, é preciso confiar no outro, e para tal processo acontecer, a condição necessária, é conhecer em detalhes esse outro. Com Deus não é diferente. À medida que você se deixa aprofundar no conhecimento do caráter de Deus e de seus princípios, você vai aprendendo a confiar no que lhe ocorre e assim se tornar dependente dEle.

Observe que o ponto de partida é conhecê-lo e assim os demais passos são conseqüências naturais. Portanto, como conhecer Deus? Na minha experiência espiritual considero as seguintes atividades:

1)Orar diariamente a Deus, contando sua vida. Ele o conhece perfeitamente, mas o ato de você escolher conversar com Deus fazem grande diferença no seu coração e no coração do Seu Pai;
2)Estudar a Palavra, onde você encontra ensinamentos e instruções necessárias para viver em felicidade;
3)Buscar se alimentar de Deus através de boas leituras, como meditações e literaturas que lhe ajudem a crescer espiritualmente.

Parece simples praticá-las, mas na correria com escola, trabalho, família e outras obrigações, muitas vezes colocamos tais tarefas em segundo, talvez até em terceiro plano, isso quando colocamos, comprometendo nosso relacionamento com Deus. E assim devemos nos esforçar para desenvolver a hora tranqüila, um momento diário entre você e Deus para exercitar as duas primeiras e principais atividades acima.

Por que então não acordar trinta minutos antes e ir falar com Deus? Será que o Pai que cuida de você não merece esse pequenino esforço? Será que dormir trinta minutos a mais, por exemplo, é mais importante do que abrir seu coração Àquele que fez os Céus, terra e mar?

Há uma canção belíssima intitulada “Falar com Deus” (Lineu Soares) e dos benefícios que esta ação pode propiciar a você: faz bem a alma, é tudo que seu coração precisa, irá lhe satisfazer, sentirá que os Céus estão abertos e ouvirá a voz do Salvador.

Experimente ter sua hora tranqüila porque só em Deus sua vida faz sentido, lhe dando forças para viver os bons e maus que lhe acontece, e por fim receber o que Ele irá colocar inteiramente para você, Sua verdadeira paz.

Nenhum comentário:

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.