domingo, 17 de fevereiro de 2008

Remorso e Arrependimento

Em todo relacionamento profissional, familiar e amoroso, esses dois sentimentos estão presentes. Embora as emoções sejam próximas, há uma sutil diferença e que pode levar você à morte ou a vida.

Difícil dizer quem já não errou, não expôs palavras mal colocadas, agiu de uma forma que machucou alguém. Você e eu somos humanos, portanto, falhos em todos os nossos tratos. Nossa natureza é distorcida, nada você pode fazer para mudar o quadro.

No entanto, isso não significa que se deve cruzar os braços e continuar agindo como tal. A vida existe para viver, aprender com os erros e crescer. Em qualquer processo de um relacionamento seja no meio ou no fim, o remorso quase sempre aparece como sinal de que alguma coisa aconteceu.

No meu prisma e pela minhas experiências, o remorso é egoísta e o arrependimento altruísta. Egoísta porque você não está olhando para o outro, e sim para si. Será que você se colocou no lugar de quem você feriu? Procurou entender suas necessidades, perceber suas limitações?

Esse sentimento surge à medida que nos damos conta de que perdemos alguma coisa e que desejávamos muito. Quando sua consciência lhe mostra as conseqüência das suas ações é que então surge o remorso. E detalhe: É um sentimento que pode crescer para um câncer se não extirpado a tempo.

Com ele, vem a conhecida culpa que adoece nossos ossos e tira nosso vigor. Só que Deus afirmou: “... esqueça aquilo que fica para trás e avance para o que está à sua frente” Essa passagem bíblica deixa claro que a culpa não é e nunca foi da Sua vontade, portanto, podemos passar para o segundo sentimento.

O arrependimento nasce quando você se convence do que fez, não porque não tem mais o que tinha antes, mas porque você simplesmente machucou alguém e isso lhe machuca agora também. Então você começa a sentir o arrependimento, e que leva você a enxergar o outro se colocando no lugar dele.

O processo de arrependimento é interessante porque você não mais sente a culpa, mas passa a dirigir seus pensamentos a Deus pedindo perdão pelo que fez. E se conforte, porque Deus sempre perdoa aqueles que se arrependem do que fizeram. Com o perdão de Deus, você passa a sentir paz novamente em seu coração.

Relacionamentos saudáveis precisam que o remorso ceda lugar ao arrependimento. Do contrário, haverá perda de vida podendo chegar à morte ainda que você respire. Faça hoje uma análise de tudo que você sabe que é remorso, e então suplique ao Deus amoroso que remova isso de dentro de si, e coloque o arrependimento acrescido do perdão divino. Somente assim você estará mais perto da verdadeira felicidade que se pode abraçar neste mundo.

Nenhum comentário:

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.