domingo, 30 de março de 2008

Sempre existe uma outra


Você já se sentiu como se não houvesse saída?

O ser humano em razão de sua característica imediatista e não enxergar além do que seus olhos podem ver, se desespera. A ansiedade passa a ganhar grandes proporções, e detalhe, despercebida por longo tempo.

Nossa natureza desde sua desobediência a Deus mora com a preocupação. Perguntas como: Será que é isso mesmo? Onde está a saída? Convivem conosco dia a dia e se não tomarmos cuidados a tendência é se intensificar.

O que tenho aprendido é que sempre existe uma outra, sempre existirá e nunca deixará de existir. Deus oferece a você mais de uma opção. Agora o que devemos ter em mente é que há uma opção boa, agradável e perfeita a Deus e que não vai lhe fazer sofrer. Como assim?

Deus é amor, isso é indiscutível. Tome essa premissa para si e pense que sempre existe uma escolha que Ele tem para você e que não lhe fará sofrer desnecessariamente. Por mais que os fatos te mostrem uma direção, procure através de uma conversa sincera com o Pai lá de Cima, ouvir aquela opção que lhe trará um bem maior.

Eu gosto da Bíblia, mas não é um livro para se tomar ao pé da letra. Novamente, parta da premissa que Deus é amor, que seus princípios são amor. Sendo assim, é preciso mergulhar nas orientações divinas, no entanto, com cuidado e muito estudo, do contrário você poderá cair no erro que lhe custará a vida eterna.

A mensagem é que por mais que tudo pareça escuro, sem saída, Deus por ser também um Deus do recomeço, tem uma opção que pode lhe trazer maior felicidade e para descobrir há momentos onde a única coisa a fazer é se acalmar e confiar nAquele que nunca falhou.

Confesso não ser tarefa humanamente fácil. O primeiro passo é aliviar a ansiedade para se conseguir calma e paciência. A receita que sugiro é:

1)Exercícios físicos: para liberar adrenalina que se acumula em você e é um veneno;
2)Alimentação saudável: beber em média 2 litros de água todos os dias, comer frutas e saladas. Um nutricionista pode lhe orientar muito bem;
3)Terapia: nunca deixe de considerar essa possibilidade, você precisa de um profissional para lhe ajudar nas questões emocionais;
4)Se incline a Deus, através de livros, igreja e em particular, oração.

Perceba que focar em você, e não na aparente falta de saída, fará descobrir que sempre existe uma outra opção, porque Deus é amor. Que premissa maravilhosa para se lembrar hoje em sua vida.

domingo, 23 de março de 2008

Mudanças começam em mim


Você sabe responder quando o inesperado atinge sua vida?

Gostamos de viver em nosso conforto emocional, e psicológico, mas quando alguém mexe em nosso queijo nos tirando dessa zona de conforto, a vida está gritando, a ponto de ser agressiva, pedindo que façamos mudanças.

É natural do homem como raça evitar quaisquer tipos de mudanças, porque elas são desconhecidas. Tudo começa quando o inesperado explode diante de você. Com o inesperado, algo passa a te perturbar lhe deixando com medo, impaciente, triste, entre uma infinita soma de emoções resultantes de o inesperado haver assolado seu mundo.

Enquanto você não se convencer de que precisa de mudanças, a dor que sente aumentará. Mais culpa, ressentimento, e uma retro-alimentação de medo tomam conta da sua vida. Quando esse ciclo vicioso é cortado? No momento em que você decidir aceitar seus erros, aprender com eles e olhar para dentro de si e dizer: “da próxima vez será diferente, agirei com mais sabedoria, paciência, gentileza, integridade, respeito”.

O interessante é que em todo esse processo de mudança, a presença de Deus se encontra ao seu lado. Ele como Pai amoroso, vai lhe sustentar e lhe mostrar o caminho que deve seguir. Sugiro áreas que merecem cuidados para que as mudanças aconteçam, são elas:

1)Corpo: é preciso cuidar com atenção das coisas que você come, bebe, bem como praticar exercícios físicos com regularidade. Isso irá lhe fortalecer;

2)Mente: é preciso cuidar de seus pensamentos, procurando leituras e seminários que ajudem você a aprender com seus erros. Nisto considere também a prática indispensável da terapia, como a ferramenta para você se resolver dentro de si;

3)Coração: é preciso cuidar da auto-estima, e nisso inclua tudo aquilo que pode lhe fazer sentir-se bem. Uma dica: dar presentes a nós mesmos é muito bom;

4)Espírito: Através de um relacionamento com Deus, que Ele irá nos sustentar no que for preciso. Porque Ele nem sempre nos dá o que queremos, mas com certeza, o que precisamos mais. Abra a Bíblia, existem conselhos valiosos pra você, converse muito com Deus, cante em nome dEle, vá a um lugar que falem com respeito desse Pai atencioso e que nunca falha em suas promessas.

Perceba que as maiores mudanças começam em você. Dê o primeiro passo rumo à sua felicidade. Ninguém poderá fazer por você, o que Deus realizará em você porque Ele é o único e autêntico oleiro e você o barro em Suas mãos (Jeremias 18:3-6). Não duvide, a mudança será gloriosa e impossível de ser compreendida aos olhos desse mundo vão.

sexta-feira, 14 de março de 2008

Resiliência


A palavra resiliência é muito utilizada no mundo dos negócios e também da psicologia. O que ela tem a ver com nossos relacionamentos?

Eu vejo a vida como uma caixinha de surpresas. Hora recebemos pessoas boas e circunstâncias favoráveis, que nos enchem de alegria. E horas, há pontos na vida em que nos deparamos com pessoas egoístas e psdeudo-líderes, bem como momentos inesperados e difíceis como se perdêssemos o chão onde pisamos.

São essas pessoas e momentos, todos considerados de extrema pressão, que nos levam a um desequilíbrio que se não cuidarmos, podemos cair e não levantarmos mais. Ouvi histórias de relacionamentos onde pessoas, por tristeza, se definharam tanto que se foram. No íntimo, sei que Deus se entristece vendo um filho ou filha Sua entregando a própria vida por não conseguir dar a volta por cima.

No entanto, existem pessoas, que atravessam situações desesperadoras que surpreendentemente retornam ao seu estado anterior, não se desequilibrando, não se entregando à dor e a tristeza que as assolam. São chamadas pessoas resilientes. Uma característica de resistir às adversidades da vida, se superando, para retornar ao seu estado de bem estar físico, mental, emocional e espiritual.

Podemos comparar os dois grupos de pessoas com bolas: uma de vidro, outra de plástico. Quando arremessamos ambas ao chão, a de vidro se deforma e quebra. A de plástico também se deforma, mas depois de um tempo retorna ao seu estado normal. A essa última, dizemos que apresenta a propriedade da resiliência.

Deus, através da Bíblia, ensina conselhos em como ser resiliente, quando tudo parece não mais fazer sentido para você. Ele orienta a não nos preocuparmos, porque Ele está no controle. Também nos dá dicas de não alimentarmos emoções que estragam a mente e destroem nossa saúde. Se ficar irado, não permita que isso se prolongue em você, todos conselhos desse amoroso Pai.

Concluo que um meio de se alcançar resiliência, e, portanto não se entregar, é buscar de forma intensa e incessante, a comunhão com os Céus, abrindo o coração Àquele que está sempre ao seu lado, mesmo quando não parece. Jesus nos deixou uma rica lição afirmando que aconteça o que acontecer, não importa o que seja, permaneça com os olhos fixos nEle, e você certamente não afundará em seus problemas, e por fim, Ele trará a paz e fará você andar sob as águas da sua vida.

sexta-feira, 7 de março de 2008

Mulher


No dia oito de março comemoramos a benção da mulher existir na vida de cada um. Mulher avó, mãe, irmã, filha, prima, tia, amiga, esposa, namorada. Não importa qual seja o papel que ela desempenha, o que vale é ser mulher.

Mulher que chora, odeia, sorri, agradece, ama. O que seria do mundo sem a presença única de você, mulher? Deus criou a terra em seis dias, descansou no sétimo, como já sabemos das Escrituras, e um ponto que merece destaque hoje é a razão da mulher existir.

Ela surgiu para ser auxiliadora a nós, homens, andar ao lado. Não é para estar acima, se sentindo superior, implacável, e muito menos ser pisoteada literalmente ou na esfera psicológica, como infelizmente acontece em muitas ocasiões. O mundo antes da mulher se definia preto e branco, com ela, se tornou um imenso colorido de norte a sul do universo.

Deus dá tamanha importância a você, mulher, que escolheu uma, Maria, para trazer Seu filho e salvar você, a mim e o mundo. Ele poderia ter escolhido qualquer outro meio para que Jesus viesse, mas escolheu atribuir o papel de extrema responsabilidade, senão, o maior, a uma mulher. Salomão também ressalta o quanto a mulher pode fazer nossos olhares brilharem com o mel que sai do andar, do se vestir, do falar e do pensar que você mulher desperta.

Não duvido: estaríamos ainda no princípio de todas as coisas, se você, mulher, não estivesse entre nós, compartilhando lutas, dores, alegrias, esperança e amor. Você, mulher, faz as coisas acontecerem, coloca organização onde parece impossível existir, ama quando não se é mais possível amar e sente com o coração e o pensamento cada segundo que alguém se relaciona com você.

Não é difícil manter relacionamento com você, mulher, embora hajam infinitas opiniões que digam o contrário. Basta dar respeito, atenção e amor. O grande problema reside que o homem tem dificuldade em dar de si a uma mulher, e quando aceita o desafio descobre um universo até então desconhecido e magnífico em toda sua essência.

Parabéns a você, mulher, por existir e fazer de cada dia uma nova página em branco a ser escrita. Que Deus continue a abençoá-la e lhe dar todas as alegrias que você merece. Peça, e você receberá, porque o Pai que não se cansa de se admirar com a perfeita criação que saiu de Suas mãos, não vai deixá-la de atender segundo a Sua santa vontade e eterno amor.

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.