sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Queria ter sido um pastor


No tempo certo recebemos um menino, Aquele que tira as falhas do mundo.

Certamente nesse momento vivenciamos o que está em Números 11:23 “Agora verás se a minha palavra se há de cumprir ou não”. E assim com tamanha precisão e sem demora, nasce o Salvador prometido por Deus.

Que alegria deve ter sido poder participar do evento em torno do nascimento de Jesus. Alguém sem defeito algum, perfeito em todos os aspectos e forma, se esvazia de si próprio, abrindo mão de Sua divindade, poderes, de seu lar nos Céus, e então escolhe nascer neste mundo onde cobiça, inveja, ciúme, orgulho, ansiedade, angústia, medo, pranto, dor predominam.

Queria ter sido um pastor para estar ali no nascimento do Deus Filho. Ele veio puro, inocente, indefeso para trazer vida em abundância para todo aquele que nEle acreditar. O Criador de cada bem visível e invisível, diante dos olhos de um pastor de ovelhas. Menino que pode todas as coisas, porque nada é impossível para Ele (Lucas 1:37), estava numa manjedoura,em um berço natural sem luxo nem ostentação alguma, chorando como toda criança recém nascida chora. Porém, essa criança tinha algo diferente: era símbolo do amor incompreensível de Deus pelo ser humano.

Queria ter sido um pastor para contemplar esse evento único da história. Todo universo, anjos e seres não terrenos, com os olhos fixos no nascimento dAquele que trinta e poucos anos depois morreria no seu e no meu lugar para nos proporcionar uma vida sem fim.

Queria ter sido um pastor para ter o privilégio de conhecer o Pastor dos pastores. Menino que desde o princípio é Rei dos reis, Senhor dos senhores. Alguém que se preocupa com cada ovelha Sua a ponto de que se uma houver de se perder de Seu rebanho, deixará as demais em segurança e sairá em missão à procura da ovelha perdida. Que amor desse Pastor pelo Seu rebanho e que tranqüilidade saber que esse menino é nosso Pastor e nada nos faltará (Salmos 23).

O nascimento de Jesus é a prova de que Deus não nos abandona, pelo contrário, tem consideração por cada filho e filha Seus e que moverá céus e terra para tê-los ao Seu lado. Fará com que a mensagem da Verdade chegue a eles, e então por amor, deixará cada um escolher o caminho que desejar seguir. Não força, não age de coerção como os homens daqui agem para conseguir o que desejam para si. Apenas diz com sangue em cada palavra de Sua carta: Eu te amo mais do que tudo.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Sem importância


Tem muita coisa que a gente não dá importância e realmente não deveríamos dar, porém existe uma que é primordial e torna-se o assunto da reflexão de hoje.

Não falo para aqueles que rejeitam, mas dirijo à palavra para quem apenas afirma em seu coração: “Deus não é importante para mim”. O que leva alguém afirmar isso com tamanha convicção? Qual é o efeito na vida dos que tornam Deus Alguém sem importância?

Certamente compreende diversos grupos de pessoas, no entanto vou me concentrar no grupo dos que não passam necessidades materiais. Adquirem o carro do ano, residem bairros nobres, possuem prestígio, e uma infinidade de atributos, que não são ruins. A questão reside no fato de não visualizarem quem é a fonte de tudo que possuem, algém que é Criador e mantenedor das coisas visíveis e também invisíveis.

Até esse ponto você pode pensar: não existe grande problema. E aparentemente não há mesmo. Acontece que tais pessoas enxergam o mundo do prisma material e esquecem de que existe um Deus, único e verdadeiro no comando.

Quando ouço que Deus não é importante, meu coração entristece, mas é uma tristeza diferente de uma perda. Tristeza porque não reconhecem quantas bênçãos Deus derrama sobre suas vidas, não enxergam o tamanho do amor desse maravilhoso Deus.

Você pode considerar Deus sem importância pra você, mas certamente Deus o considera ricamente importante para Ele. Como saber?

Vá à Carta que Ele lhe escreveu e conheça esse Deus através da Sua Palavra: libertação do povo das garras do Egito, travessia do Mar Vermelho e Rio Jordão, vida de Sansão e de muitos outros filhos. Cada história é um retrato mais do que claro do quanto somos importantes para Ele, mesmo quando há gente que afirma ser Ele de não grande importância.

E qual é o efeito/impacto de uma vida sem importância para com Ele? É uma vida sem sabor ou se existir esse sabor, ele é amargo. Para mim, é impossível viver em sabor doce longe da percepção, presença e em relacionamento com Deus. A vida pode ser boa, mas se tais pessoas colocassem Deus, ficaria muito mais gostosa, porque Deus vem para preencher o vazio que nada deste mundo consegue: nem amores, riquezas, poderes.

Existe um efeito maior ainda nessas pessoas. Elas precisam fazer um esforço enorme para ignorar que Deus existe e está na vida delas. Porque Deus não vai abrir mão de buscar cada filho Seu. Vai tentar e tentar e tentar, até que você aceite ou renuncie o cavalo branco.(Apocalipse 6)

Minha oração é: Pai, não deixe de bater na porta do coração dos que dizem Ser tu ó Senhor, sem importância. Faça-os reconhecer que são barros, e o Senhor o oleiro (Jeremias 18:6), e assim fará grandes vasos dessas pessoas. Perdoe-nos, pois nossas faltas são muitas, mas pelo teu amor e por Jesus, eu agradeço.

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.