sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Queria ter sido um pastor


No tempo certo recebemos um menino, Aquele que tira as falhas do mundo.

Certamente nesse momento vivenciamos o que está em Números 11:23 “Agora verás se a minha palavra se há de cumprir ou não”. E assim com tamanha precisão e sem demora, nasce o Salvador prometido por Deus.

Que alegria deve ter sido poder participar do evento em torno do nascimento de Jesus. Alguém sem defeito algum, perfeito em todos os aspectos e forma, se esvazia de si próprio, abrindo mão de Sua divindade, poderes, de seu lar nos Céus, e então escolhe nascer neste mundo onde cobiça, inveja, ciúme, orgulho, ansiedade, angústia, medo, pranto, dor predominam.

Queria ter sido um pastor para estar ali no nascimento do Deus Filho. Ele veio puro, inocente, indefeso para trazer vida em abundância para todo aquele que nEle acreditar. O Criador de cada bem visível e invisível, diante dos olhos de um pastor de ovelhas. Menino que pode todas as coisas, porque nada é impossível para Ele (Lucas 1:37), estava numa manjedoura,em um berço natural sem luxo nem ostentação alguma, chorando como toda criança recém nascida chora. Porém, essa criança tinha algo diferente: era símbolo do amor incompreensível de Deus pelo ser humano.

Queria ter sido um pastor para contemplar esse evento único da história. Todo universo, anjos e seres não terrenos, com os olhos fixos no nascimento dAquele que trinta e poucos anos depois morreria no seu e no meu lugar para nos proporcionar uma vida sem fim.

Queria ter sido um pastor para ter o privilégio de conhecer o Pastor dos pastores. Menino que desde o princípio é Rei dos reis, Senhor dos senhores. Alguém que se preocupa com cada ovelha Sua a ponto de que se uma houver de se perder de Seu rebanho, deixará as demais em segurança e sairá em missão à procura da ovelha perdida. Que amor desse Pastor pelo Seu rebanho e que tranqüilidade saber que esse menino é nosso Pastor e nada nos faltará (Salmos 23).

O nascimento de Jesus é a prova de que Deus não nos abandona, pelo contrário, tem consideração por cada filho e filha Seus e que moverá céus e terra para tê-los ao Seu lado. Fará com que a mensagem da Verdade chegue a eles, e então por amor, deixará cada um escolher o caminho que desejar seguir. Não força, não age de coerção como os homens daqui agem para conseguir o que desejam para si. Apenas diz com sangue em cada palavra de Sua carta: Eu te amo mais do que tudo.

Nenhum comentário:

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.