domingo, 3 de julho de 2011

O Processo


Nós podemos nos encarar através de duas importantes etapas de vivência: o processo e o resultado. A maneira como lidamos com cada uma em particular fará a diferença em nossa estrutura emocional.

Tudo que pensamos em fazer é com intuito de convergir para um resultado. Encontrar a alma gêmea, constituir família, ser empresário, viajar pelo mundo, conseguir a vida eterna, enfim, são tantas intenções de resultados que muitas vezes a ansiedade parece nos roubar de nós.

O ser humano precisa de objetivos, ele anseia de uma visão do que realmente quer a curto, médio e longo prazo e a partir do estabelecimento de sua missão, ou seja, o que farei, que passos darei para chegar lá, assim experimentar o processo para conseguir os resultados almejados.

Porém, parece paradoxal o que vou dizer, mas o processo importa para nossa vida quatro vezes mais que o resultado em si. É a preparação, a caminhada, vitória ou derrota de situações da vida, sem pular nada, que Deus vai construindo nossa estrutura emocional para lidar com os mais diversos desafios que se colocam à nossa frente. Muitas vezes bons, outros, aparentemente dolorosos, mas todos têm um propósito que é invisível ao nosso coração: fazer-nos crescer emocionalmente.

Alcançar o resultado é desejável, mas não deveria ocupar nossa mente vinte e quatro horas do dia. É através do processo que iremos nos preparar para ser o melhor pai, o mais assertivo empresário e nos transformarmos no caráter que Deus pede de nós.

E quando o resultado não vem como planejamos? Perdi a pessoa que mais amava, meu casamento não deu certo, não consegui construir a empresa que pretendia, o que fazer? Muitos se sentem frustrados, derrotados, vivem de remorso e se culpam às vezes a vida toda, se definhando no âmago de suas almas, porém essa não deveria ser a reação comportamental às aparentes derrotas.

Devemos recordar que o processo experimentado nos dará todos os subsídios e suporte para que da próxima vez ao tentarmos, teremos maiores condições de chegar lá e não duvide, você chegará se continuar investindo mais e mais no processo.

Por isso que nosso Deus nos deu uma valiosa orientação: “viva só o dia de hoje”.

Sugiro que cesse seus pensamentos só no resultado ou na falta de, pois quem só pensa e não age, tende a viver uma vida em constante balanço, vai e volta, e nunca sai do lugar.

Que Deus possa orientar sua vida a experimentar mais processos, enxergá-los como valiosos e não deixar sua alma ansiosa para atingir logo o resultado, porque no final de tudo o que realmente importa é o processo.

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.