sábado, 3 de setembro de 2011

Flores


Convido você a me acompanhar numa reflexão sobre o significado, poder e impacto que as flores exercem nos relacionamentos.

Quem não se alegra ao ver um jardim todo florido? Ou qual é a mulher que não se deixa sensibilizar ao receber flores?

Eu, particularmente, sou apaixonado por flores. Aprecio a delicadeza, fragilidade, pureza e beleza singular de uma flor. Já parou pra pensar que enquanto conflitos são armados, corações se amedrontam e entristecem, as flores continuam eternamente na contramão dessa turbulência emocional?

Existe algo especial nas flores e que me atrai, elas são o espelho da mulher. Porque cada mulher tem seu perfume, sua sensibilidade e beleza ímpar, além de possuir o poder de colorir tudo e todos à sua volta. E como uma flor em sua mais íntima essência, ela se revela frágil e precisa ser regada com respeito, carinho, atenção, amor hoje e amanhã.

Contudo, as flores nos revelam uma lição que nunca podemos esquecer: elas permanecem sempre olhando para cima e assim não sentem a força das raízes as puxando para baixo. Por mais que você sofra decepções, amarguras com situações e pessoas, você deve se esforçar e procurar se manter olhando para Cima, ao Deus que está ao seu lado e fará o impossível para que seu jardim volte a dar flores das mais coloridas, perfumadas e belas.

As flores ainda tem o poder de aquecer o coração quebrantado bem como confirmar o quanto você é importante para uma pessoa. Também podem significar apreço, enfim, não importa muito o motivo que leva alguém lhe presentar com flores, o resultado de quem recebe quase sempre é de felicidade leve ou plena.

Para quem lida com flores existe a máxima: é preciso cortá-las para poderem voltar inteiras. A vida por experiência nos conta que ela é feita de altos e baixos, e portanto de tempos em tempos também somos cortados emocionalmente falando. E somente com o tempo voltamos inteiros. O interessante nesse processo é que existem pessoas com uma capacidade fora do comum de resiliência, isto é, superam o mais rápido possível passagens tristes que aconteceram consigo, sem ficar olhando pelo retrovisor do passado, e outras, já levam um pouco mais de tempo.

Sermos cortados como as flores faz parte, e se mantermos os olhos para Cima podemos ter certeza que voltaremos a ficar inteiros e assim teremos mais forças para enfrentar a caminhada dos relacionamentos. Apenas precisamos continuar sendo cuidados e regados com a água da fé todos os dias.

Um comentário:

Thaís disse...

Muito bonito texto.

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.