sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Adeus ano velho


Mais um ciclo termina. Deixamos 2012 e nos preparamos, cada um a seu limitado modo, receber o novo que já bate à porta querendo ansiosamente entrar.

Se fizermos uma rápida reflexão, para alguns deve ter sido um ano de desafios superados, metas atingidas, premiações, mudanças de rota, novo estilo de vida. Já para outros, humilhações, dores, decepções, perdas, dificuldades. Não é surpresa que na vida todos nós temos altos e baixos, e isso é confirmado pela Carta de Amor que nos diz: “no mundo tereis aflições ...” Portanto, não se desespere, assim deverá ser até o fim, antes da volta do Filho de Deus.

O mais valioso do legado que o ano velho entrega é que você continua com o fôlego de vida sustentado por Deus. Esse é o maior presente que alguém possa ganhar, pois não depende de ninguém, e se deve segundo cada coração agradecer a Ele com um Muito Obrigado.

A chegada de 2013 significa em muitas mentes, vida longa e sucesso. Também envolve milhares de promessas que fazemos a nós ou aos que nos cercam. De todas as coisas, o que precisamos saber é que o novo ano já está descortinado para Deus. Ele, através da Sua onisciência, conhece o fim de 2013 antes mesmo de começar.  Além disso, o Criador fará de tudo para permanecer presente em sua vida, vinte quatro horas, sete dias por semana, de modo ininterrupto.

Faz bem desejar aos seus queridos, prosperidade, felicidade, esperança do novo que se aproxima, porém não se esqueça, você como ser humano é pequeno demais para controlar a direção que 2013 tomará. E é preciso pedir sabedoria, bom senso, equilíbrio do Alto para lidar com cada situação que certamente virá até você. E em todas as novas circunstâncias saiba que Ele nunca permitirá uma prova maior daquela que possamos suportar.

Feliz 2013 com Deus inundando sua vida de ricas bênçãos, são os votos do Relacpeople para você!

   

sábado, 1 de setembro de 2012

Quem Sou eu?

Ouvi uma reflexão nessa semana e gostaria de reforçar a essência dessa pergunta.

Se hoje, deixasse seu emprego, perdesse todos seus bens, status social, família, você saberia responder quem é você? A pergunta parece simples, mas se analisarmos com cuidado, ela talvez seja uma das mais difíceis de responder nos dias atuais.

E por incrível que pareça é porque para alcançarmos o Ser, precisamos tirar o que mais consome de forma ininterrupta nosso tempo e preocupações: o Ter e Estar.

Cada vez mais buscamos ter coisas e para alguns, ter até pessoas. Lutamos, nos humilhamos, damos muitas vezes até nosso caráter como penhora para conseguirmos posição, reconhecimento e segurança.  Por outro lado, o Estar se tornou tão presente em nossos dias, que até ganhou a importância de hora em hora consultamos nossas redes sociais para postarmos onde estamos e o que estamos fazendo.

Assim tem sido nossas vidas. Porém, esse não é o sonho de Deus. Os planos do Criador ultrapassam o Ter e Estar. Seu foco maior está em nossos valores, o Ser. Aquilo que levaremos conosco quando deixarmos esse mundo que vive longe de Quem o fez. E como Deus não nos deixa sem orientação, através do Livro dos Livros, em Mateus, encontramos ali o que devemos buscar extrair do coração e com total apoio dos Altos: as bem aventuranças, das quais selecionei algumas para compartilhar com você na essência.

Primeira: precisamos nos tornar pessoas pobres de espírito, que na raiz da sua etimologia, quer dizer, abertos a aprendermos sempre. Aqueles que pensam já saberem tudo, quanto menos esperarem, a vida os colocará em situações que não saberão como lidar, a menos que reconheçam sua fragilidade e estejam prontas a aprender com os mais experientes.

Segunda: você e eu temos a necessidade de sermos sensíveis às emoções, felizes os que sofrem, diz o Mestre. É evidente como o mundo tem se transformado uma piscina de formol, sem reação a momentos de extrema dor, seja com terremotos, guerras, ou incidentes domésticos que deveriam chocar nosso âmago.

Terceira: Deus espera que estejamos sempre do lado da justiça, do que é correto, e nunca nos omitirmos se isso irá prejudicar alguém.

Quarta: Como qualidade de ser, nos foi transmitida que devemos sempre perdoar a quem nos ofende e praticar o que está descrito na Carta de Amor, “esqueça o que fica trás e avance para o que está à sua frente”.  Isso é o que chamamos de pessoas misericordiosas.

Quinta: Pureza no coração para estar sempre pronto a ajudar os que mais precisam.

Sexta e para concluir, temos como obrigação buscar a paz em todas as situações. É impossível se resolver o que quer que seja em meio a ondas violentas que irão com certeza nos jogar para longe e nos machucar fisicamente e até na alma.

Contudo para que tais valores passam a fazer parte de nós é necessário que tenhamos como meta diária se relacionar com Deus e pedir Sua presença em tudo, sejam problemas, desafios ou o que for. Somente com esse pré-requisito seremos transformados a imagem dAquele que nos amou, nos ama e continuará nos amando eternidade a fora, e por consequência seremos capazes de responder a pergunta que tem atravessado a humanidade desde a sua fundação: Quem Sou eu?

sábado, 19 de maio de 2012

Olhos abertos

A reflexão de hoje é com base na sabedoria de Salomão registrada para todos os tempos em Eclesiastes: "Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porém não nos deixa compreender completamente o que Ele faz".

A vida é cercada de eventos aparentemente sem correlacionamentos, onde nós, ínfimos seres, fazemos um esforço colossal para entendê-los. Temos algumas vezes a petulância de desafiar a mente de Deus tendo a falsa esperança de que nossos pensamentos passam próximos aos do Criador do Universo. Uma vez ouvi uma analogia áurea que resume nosso espaço intelectual: "estás vendo aquela pessoa sentada? Pois bem, Deus é a pessoa, nós somos a cadeira". Essa comparação linear diz em outras palavras o que Salomão pensou séculos atrás.

Não consigo explicar por que existe tamanha diferença social, dores que atravessam almas e parecem derrubá-las como se fossem castelos de areia. Não posso racionalizar por que a fome bate a porta de milhares, enquanto outros reclamam do tempero de seu prato quente. Sou incapaz de enxergar além do que estão alguns metros de mim.

No entanto, duas coisas são certas em meio a isso tudo: Deus existe e está de olhos abertos e ouvidos sensivelmente atentos a nossa existência. Um Deus santo em sua estrutura emocional e psíquica, um Ser eterno e criador de tudo que existe abaixo e acima dos Céus. O Deus que podemos chamá-lo por Pai, permanece vinte quatro horas, sete dias por semana, buscando cada filho e filha Seus, como um pastor busca suas ovelhas, sem esquecer de uma que seja.

Difícil, senão impossível entendermos essa verdade sinon quanon. E somente através dos olhos da fé conseguimos nos apoiar e nos confortar que nada está fora do comando do Grande Deus. Ele pode todas as coisas, está em todos os lugares, abertos quanto fechados, e Ele sabe todas as coisas, visíveis e invisíveis. E fará o impossível para ver você e eu convivendo em Seus braços de amor.

Quando da próxima vez ousar pensar que Deus não se importa com você, esteja certo que é nesse mesmo momento que Seus ouvidos estão mais bem fixos em seu coração do que já mais alguém imaginou que estivesse. E o sonho, anos luz de acontecer, tornar-se a real num piscar de fechar e abrir os olhos.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Renascer do amor de Deus


Não deveriam existir dúvidas na mente humana do amor divino. Amor imutável, puro, verdadeiro e eterno. E no amor de Deus em nossos corações?

Nosso afastamento inicial do Pai que nos Céus habita, e registrado em Gênesis, provocou uma transformação no DNA espiritual de todo ser humano, quer acreditemos ou não. Nossa natureza vive uma contínua propensão para permanecer longe do Coração de Luz. E assim viveremos enquanto estivermos nesse mundo de massa cinzenta espiritual, emocional e adicionalmente cada vez mais, física.

Nesse processo que é retroalimentado dentro de nossa ínfima existência, há Deus no cenário, completamente, inteiramente atento e disposto em fazer o impossível para que vivamos com Seu amor em nossos corações limitados, inseguros e falhos.

O renascer do amor de Deus é o evento que todos aqueles que amam a Deus em verdade são experimentados. Alguns com mais freqüência, outros em menor. Existem situações que se podem levar cinqüenta anos, casos que levam uma vida inteira, porém, Deus, que ama você, não desistirá de alimentar seu coração com o amor Dele.

Não importa se hoje você não quer ouvir falar do Seu nome, bem tão pouco dos Seus feitos no passado, Ele não desistiu e não irá nunca desistir de colocar Amor perfeito em você, simplesmente porque uma das infinitas missões do nosso Criador é renascer Seu amor continuamente dentro, fora e em volta de cada um de nós.

De você o que se espera é ficar exatamente onde está e aceitar o amor de Deus renascer transbordando seu coração de paz, alegria, confiança e a certeza que um dia todas as lágrimas serão enxugadas do seu âmago cercado de vaidades.

Os primeiros e áureos passos são aceitar o que não de pode mudar e agir com pró-atividade em cima de situações que podem ser mudadas. Tudo porque Deus nos deu de presente o poder sem preço das escolhas, as quais temos a chance de utilizá-las para o bem como para o mal. Peça sabedoria e Ele lhe dará para que suas ações sejam direcionadas para o renascer do amor de Deus em sua vida.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A fé de Deus


Muito se fala da nossa fé em Deus, no Seu Filho. Qual o tamanho da minha fé? Quanto acredito na existência de vida após essa? Tenha fé, você poderá suportar, assim ouvimos sempre. Porém, pouco paramos, para pensar na contra partida, a fé de Deus em você e mim.

O homem como raça foi criado por Deus e em minha opinião, toda pessoa foi trazida a esse mundo com um propósito. Deus é Deus de sabedoria suprema, inteligência incontestável, e, portanto ao nascermos antes na mente do Criador, Ele pensou em algo especial para nós, afirmo mais, brotou em Seu infinito coração uma fé única e exclusiva em cada ser humano.

Pense comigo: Deus, criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, Rei soberano, Arquiteto do Universo, tem fé em você. Ele acredita em você, torce por você, a cada manhã que se levanta para iniciar os desafios que a vida coloca. E nas lutas e decepções com pessoas próximas, sabemos que nunca Ele irá nos frustrar.

Quem já teve a experiência de voar, sabe que lá de cima, bem lá no alto, ao olhar para baixo tudo se torna pequenino, frágil. E podemos concluir que Deus também assim nos vê, certo? Errado. Deus se importa tanto com suas escolhas, hábitos, amigos, alimentação, leitura, trabalho, que chega a ter uma fé não compreendida pela nossa vã capacidade espiritual.

E isso deve ser nosso mantra a cada manhã: Deus tem fé em mim, Ele acredita em mim, espera ansiosamente que eu vença, que eu nasça de novo quantas vezes forem precisas. Deus tem fé em mim porque Ele simplesmente me ama incondicionalmente.

Na vida, precisamos guardar das Santas Escrituras que todas as coisas contribuem para o bem dos que amam a Deus. Ele, nosso Pai eterno, jamais nos dará uma prova maior daquela que possamos suportar. E um dia ouvi de uma pessoa muito sábia e querida: “Deus não permite que passamos por nenhuma prova desnecessária”.

Que a sua vida possa ser cheia de luz na certeza que Deus sempre está ao seu lado porque Ele acredita, tem fé em você.

Autoria

Consultor de negócios e apaixonado por aprender sobre relacionamentos e viver e falar de Deus a você.